As dificuldade de ser artista visual no Brasil #01

Como é ser artista visual negro em um país como o Brasil

Eu tenho 42 anos, trabalho com artes visuais a vida toda, fiz outras coisas mas sempre voltei para o desenho, nesses 42 anos não vi melhora no jeito em que os artistas , principalmente os artistas negro são vistos e tratados, sempre que algum reclama é taxado como vitimista, como um cara que reclama sem ter sentido e por ai vai. Mas não precisa ir muito longe pra ver que mesmo dentro da comunidade de artistas , a quantidade de artistas negro com destaque é pequena e a quantidade de pessoas de cor dentro com algum posto alto na hierarquia é menor ainda, a justificativa que apresentam é que não há artista negros qualificados o suficiente, o que é uma mentira, alguns são até mais qualificados do que suas contrapartes brancas mas como a camaradagem e o fato de que um trabalho de artista negro é analisado com microscópio eletrônico enquanto os dos outros deixam passar erros grosseiros e mesmo assim são escolhidos é uma norma que ja vem de muitos anos atrás.


Agora saindo da esfera de cor e entrando no preconceito que há em relação a artistas em geral, durante décadas formou-se na mente coletiva a ideia de que o artista não trabalha ou que a arte tem que feita de graça mesmo quando é trabalho. Encrustou-se na cabeça de clientes que mesmo os dois assinando contrato, não se deve pagar um sinal pelo serviço, porque na cabeça deles você vai fugir e não vai entregar o combinado, ele esquece que o tempo que você passa elaborando a arte tem um custo e não vai desaparecer se ele (o cliente) desistir do projeto ou mesmo desaparecer para eras depois chegar cobrando o projeto pronto sem ter respondido a comunicações do artista.


Essa narrativa persiste e é ampliada pelo jeito que o comportamento na internet mudou. Muitos artistas não tem noção ou não se importam com o lado profissional da arte e com isso perpetuam a mania de fazer artes de graça ou serem pagos com visibilidade, hoje em dia está sendo dada um importância muito grande a fama nas redes sociais, o que era um meio de divulgação tornou-se uma medida de sucesso, o que é um grande erro. Ser famosinho em instagram ou youtube não faz a pessoal mais qualificada ou profissional e milhões de seguidores nem sempre significa comida na mesa e conta paga.



Enfim nos próximos meses vou fazer post esporádicos sobre assuntos que me subam a cabeça , inté.

#artesvisuais #artistas #profissional #opinião #arte #comics #quadrinhos #comicbook #indiecomics #producaodequadrinhos

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo