• Ronin

GPDF-#06


Guia Prático do Desenhista Fudido

(GPDF)

As Magias da tecnologia

Hoje dia ha vários programas e métodos de se fazer e produzir quadrinhos e ilustrações, vou tentar explicar o que funciona pra mim.

Faça você mesmo

Em vez de esperar a intervenção divina o melhor método pra publicar quadrinhos e também para divulgar o seu trabalho seja como editor, ilustrador ou design editorial é fazer um fanzine ou uma revista independente. Se antigamente você teria que utilizar xerox e fazer tanto letras como diagramação com maquina de escrever , tesoura e cola, agora é montar um arquivo no indesign ou scribus, fazer as ilustrações no krita ou clip studio paint(quadrinhos) e redigir o texto no open office ou word. Quanto a impressão as impressoras Epson com tanque são as melhores opções, se você quiser um produto com uma boa relação custo e produção, os tanques duram uma eternidade mesmo fazendo impressão na melhor qualidade, se possível adquirir uma A3 ela vai ser uma mão na roda.

No meu caso faço a publicação no tamanho A5,metade de uma folha normal que você usa na impressora, isso permite um maior numero de páginas com uma quantidade menor de papel, em uma folha A4 cabem 4 paginas A5(frente/verso). Apesar do tamanho reduzido você consegue tanto colocar ilustrações de qualidade quanto publicar histórias em quadrinhos.

Quer trabalhar pra Marvel ou quer contar a sua história ?

Uma coisa que você tem que decidir quando entra pro mundo de quadrinhos e ilustração é qual o teu sonho ou objetivo, trabalhando para uma editora você vai ter que escolher um setor ou habilidade que se destaque, seja na arte final, seja fazendo o lápis, seja nas cores, letreiramento ou outra parte da produção de quadrinhos, diferente de um quadrinho independente em uma empresa como Marvel ou DC há varias partes na linha de montagem de uma publicação e ninguém faz a revista toda sozinho. Nessa modalidade você provavelmente vai ser contratado freelancer pra fazer algumas edições e se for muito bom no serviço vai sempre aparecer alguma coisa seja na editora pra onde você prestou o serviço ou em outras que viram e gostaram do seu trabalho. nesse tipo de serviço vai ser importante se adaptar tanto ao ritmo das pessoas que estão colaborando com a revista quanto aos prazos de lançamento. Há uma probabilidade de você ser reconhecido porem não será necessariamente a sua voz na revista, um personagem ou história pré estabelecida tem alguns parâmetros e limites que você não vai poder ultrapassar.

Já publicando de maneira independente é responsabilidade sua realizar todas as etapas da publicação desde a ideia inicial até a execução na gráfica ou impressão em casa, porem também há uma maior liberdade quanto a prazos e velocidade de produção, também ha uma maior flexibilidade de temas e publico alvo pois você vai decidir pra quem é a revista/HQ. Diferente de uma editora grande que pode injetar grana infinitamente(supostamente) em divulgação, qualidade de impressão e mão de obra, quadrinhos independente quase sempre depende de financiamento coletivo a divulgação é via redes sociais e a qualidade de impressão varia da grana que você disponibilizar.Montar uma equipe para poder trabalhar nesse modo é dificil, muitas das pessoas que entram hoje em dia nesse meio olha para quadrinistas como Mike Deodato, Joe Benet , Todd Mcfarlane e outros e esquecem que esses mesmo que estão fazendo suas próprias histórias hoje em dia , ja trabalharam em editoras grandes e juntaram tanto conhecimento de produção quanto verba para poderem investir em seus próprios produtos.Se você quiser ser estrelinha e ficar famoso saiba que vai ter que começar por baixo e se submeter a algumas coisa nesse caminho. Se a sua intenção é trabalhar de forma independente vai ter que levar a sério, são muitas coisas concentradas em uma pessoa só e vai ser necessário fazer varias concessões pra ver sua publicação crescer. Vai ter que ser empresário , escritor, editor ,desenhista, publicitário e empreendedor tudo ao mesmo tempo.

Enfim

Vale a pena publicar de forma independente? Claro, principalmente no Brasil onde não há uma editora nos moldes da Marvel e DC, se você quiser trabalhar nelas vai ter que investir em agenciamento e focar no mercado exterior, porem se quer contar as suas próprias histórias e colocar seu ponto de vista sem ter que se submeter a decisões de terceiros a auto publicação é o melhor caminho, procure investimentos, haja de maneira profissional e coisas boas aconteceram.

Inté semana que vem, a gente atrasa mas não falha!!

(supositóriamente)

Busquem o conhecimento !!!

#Desenhistas #Fudidos #produçãonacional #Profissional #Quadrinhos #comics

28 visualizações

© 2023 by Glorify. Proudly created with Wix.com