• Ronin

GPDF-#05


Guia Prático do Desenhista Fudido

(GPDF)

Tem o jeito certo, o jeito errado e o meu jeito!

Trabalhar em quadrinhos ou ilustração sozinho faz você adaptar certos processos e cortar caminhos, você é praticamente o exercito de um homem só.

Calma karai que tem desenhista pra tudo mundo!!

Se há um atalho use!!

Uma coisa para se ter em mente é que trabalhando sozinho, otimizar o tempo e executar serviços com mais eficiência é uma necessidade, diferente de quando você está estudando e tem todo tempo do mundo , quando é preciso entregar serviços(ilustrações) no prazo ou executar uma certa agenda de lançamento(no caso de quadrinhos) cada atalho ou gambiarra tem que ser usada. Se você souber que vai conseguir um resultado melhor começando a ilustração com aquarela e fazendo os ajustes finais no computador ou com outro tipo de material, use, você precisa ter noção de que para o cliente final ou para o cara que vai ler a revista em sua maioria não se importa em como você chegou aquele resultado.

Como expliquei acima quando você está estudando cortar caminhos só vai te atrapalha, é preciso aprender e treinar com calma e assim não precisa correr contra o relógio. Com prazos e agenda de lançamentos é diferente, você não pode ficar 100 anos fazendo aquele prédios incrivelmente detalhados la no fundo de um painel quando se tem 24 páginas te esperando. Modele caixas em algum programa 3D de preferencia Blender(que é de graça) ou sketchup que ja te permite faze prédios, mobilarias entre outras coisa já em escala e importe esses modelos ou render deles para dentro de seu trabalho, uma vez com uma base pra se trabalhar acrescentar detalhe é o de menos.

Com isso como base continuar a detalha é rápido

Um lado pro nanquim, outro pras cores, alguém tem que fazer o letreiramento.

Referencias referencia e mais referencias.

Procure referencias do que você precisa antes de começar ou crie as mesmas. Se você fizer uma lista de coisas que você vai precisar para ilustração ou página isso vai agilizar em muito o seu fluxo de trabalho. De começo faça vários thumbnails no papel mais vagabundo possível, não adianta usar aquele canson só pra fazer um esboço, com o thumbnail você vai ter mais ou menos uma idéia do que precisa ai é só ir em sites como Pinterest ou pesquisar no google mesmo por alguns itens, se o caso for de poses há pelo menos 3 (DazStudio/Poser/DesignDoll)programas que te permitem usar modelos 3D pra fazer poses e no Clip Studio Paint ja vem alguns modelos para utilização. Se você tiver alguém que saiba tirar fotos , use seu próprio corpo como referencia. Principalmente para o rosto, arrume um espelho pequeno e mãos a obra fazer caretas pra desenhar.

Pure ref

Enfim...

Sempre que tiver dúvidas quanto anatomia ou como está a perspectiva da alguma coisa, use modelos 3D ou alguma coisa similar, aprenda os atalhos do programa que você utiliza, planeje antes de sentar na cadeira pra desenhar, reutilize elementos que você já tem em ângulos diferente. Não fique preso a fazer tudo em um programa só, há vários programas especializados como Indesign ou Scribus pra edição e projeto de impressos, Clip Studio paint pra produção de quadrinhos e assim vai. Utilize mais de um material se você tem afinidade com os mesmos, não precisa ser tudo na aquarela da pra jogar um guache ou acrílica por cima. Use todos os truques que você tiver na manga e aprenda novos.

Semana que vem talvez entre mais com assuntos relacionados a alguns programas .... talvez, fui!!

Shazam karai!!

#Quadrinhos #Desenhistas #Fudidos #Fanzines #produçãonacional

14 visualizações

© 2023 by Glorify. Proudly created with Wix.com