Final Fantasy VII- Análise

Por Eron Oliveira


Ainda não zerei, mas um amigo meu perguntou minha opinião sobre e como eu me empolguei escrevendo resolvi postar aqui. OBS: CONTÉM SPOILERS.



Estética - O JOGO É LINDO!!!! Um gráfico extraordinário. Cenários com abundancia de detalhes, os NPCs até piscam se vc reparar e os personagens principais estão uma maravilha. Eu cheguei até a parar e babar naquela barriga da Tifa. A soundtrack tbm tá espetacular. Muito bom escutar aquelas músicas lá do PS1 com um novo arranjo e as novas musicas tbm.

Enredo - Um enredo que muitos conhecem de cór repaginado. Pra mim foi emocionante ver aquelas cenas do game original com um novo gráfico e sendo contadas, em até certo ponto, de forma diferente. Fiquei emocionado ao ver o rosto da mãe do Cloud, não esperava mostrarem ela nesse jogo. A aprofundada no background que deram nos membros da Avalanche só faz sentir mais mais triste ainda quando eles morrem, mesmo vc já sabendo que isso iria acontecer.

Mecânica de jogo - Pode rolar alguma dificuldade em gravar as skills e jogabilidade de cada personagem, mas nada de mais. O sistema de melhoria de armas é bem útil para melhorar os atributos de combate do personagem. As novas skills que vem com as armas são rápidas de torna-las permanentes, assim podendo só aprender a skills e voltar a usar uma arma que tenha mais dano ou mais adequada para próxima battle.

As matérias que antes vc ficaria horas pra upar 1 nível, agora vão bem mais rápido. Talvez pelo motivo de esse game só se situar na 1ª cidade. Senti falta de mais monstros no caminho. Talvez seja pq estou jogando no modo normal, mas uma área grande onde poderia ter monstros em vários pontos, eles ficam ficam praticamente alocados em 3 a 5 pontos. Fazendo o ir upar ser um pouco mais maçante por ter que percorrer uma grande caminho pra achar monstros. Em compensação tem muito monstro que não cai fácil. Se é constantemente obrigado a explorar as fraquezas e usar o máximo possível de atordoar pra não acabar tendo muita dificuldade em monstros que se consideraria fracos no original. Pode se ter uma impressão que o game é linear, mesmo fazendo as sidequests, mas na minha opinião não achei muito diferente do original nisso, principalmente em Midgar é só 15% do primeiro cd.


Finalizando, pode não ser aquele Game Of The Year, mas pode crer que é uma experiência sensacional. Se você é fã vai amar incondicionalmente. Se você não é, pode ter certeza que vai ter boas horas de jogo e será um novo fã.

10 visualizações

© 2023 by Glorify. Proudly created with Wix.com